71 Visualizações

Judiciário na Medida 2019

Qualidade De vida

07/08/2019 12:57 Por: Leonardo Leal

Ao incentivar a mudança de hábitos e contribuir para um estilo de vida mais saudável, mais uma edição do Projeto Judiciário na Medida começou nesta segunda-feira (05/8), no auditório do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO).  Na tarde de apresentação, os 19 participantes conversaram com os profissionais de saúde em uma roda de conversas e ouviram depoimentos de quem já participou e colheu bons frutos do projeto.

Ao estimular a prática de atividades físicas regulares, o Judiciário na medida prima pela qualidade de vida e o bem-estar dos magistrados e servidores. Os participantes serão acompanhados durante três meses por médicos e nutricionistas. As aulas práticas seguem um cronograma fixo, que inclui avaliação médica, nutricional e física, e ainda, atividades físicas, aliadas a mudanças de hábitos. As atividades físicas serão feitas três vezes por semana.

Uma das gestoras do projeto, doutora Elaine Ferreira afirmou que o projeto promove a prevenção de doenças circulatórias, cardiorrespiratórias, de ordem psicológica, bem como as relacionadas ao trabalho. “É um projeto que promove a prevenção de doenças. Ao aumentarmos o bem estar do servidor, aumentarão também a produtividade e a qualidade do trabalho”.

Ao final, os participantes comemoraram o alcance de suas metas pessoais, como perda de peso, melhora do condicionamento físico, ganho de massa magra e um comportamento alimentar mais saudável. Além disso, eles também se mostraram mais dispostos e motivados para participar de competições e eventos esportivos.

Resultados da última edição

Na comarca de Palmas, dos 21 participantes, 88% dos homens e 74% das mulheres obtiveram redução dos riscos de ataque cardíaco. Em relação aos exames de glicemias e colesterol, 70 % dos participantes tiveram resultados positivos ao final do programa; e na reavaliação física, 81 % dos participantes ganharam massa magra ao mudar os hábitos alimentares e a rotina de exercícios físicos.

Já na comarca de Araguaína, que contou com a participação de 27 pessoas no programa, 89% dos participantes obtiveram resultados positivos referentes à perda da circunferência abdominal. Em relação aos exames de glicemia e colesterol, 50% dos participantes alcançaram redução nos índices; e na reavaliação física, constatou-se que 74,07% dos participantes ganharam massa magra.

Natália Rezende/ Fotos: Rondinelli Ribeiro

Comunicação TJTO

Contato

Se precisar, entre em contato.

Tribunal de Justiça do Tocantins
Edifício Amaro Empresarial
Anexo I - 6º Andar
Quadra 103 Norte, Rua NO 11 com Av. NS 01 Lote 02
Plano Diretor Norte
Palmas, TO 77.001-036
Tel: (63) 3218-4422 / 3218-4423

© 2019 Diretoria de Gestão de Pessoas - DIGEP
Versão do Sistema mantis-29937